sexta-feira, 24 de abril de 2009

Excesso

Talvez o erro de uma mulher seja ser intensa demais, sempre, em tudo, absolutamente tudo. Mas, antes pecar por excesso do que for falta, embora também afirmem que tudo que é demais é sobra. Como escolher, então? Quem souber, por favor, diga.

8 comentários:

Maria Muadiê disse...

Também tô doida pra aprender.

Mila disse...

Oie Déia!
Lembro de você sim, senhorita Bratz, rs.

Acho que Amélie sempre é um pouco de cada nós. Que continuemos assim, carregando um pouco de fábula dentro de nós para que a vida possa ser sempre leve.
Adorei te "ver".


Beijos!

Ju disse...

Eis a questão!

dora disse...

o desafio é o equilíbrio. Viver as coisas intensamente e ao mesmo tempo nos resguardar, pois nem sempre as coisas são vividas na mesma proporção entre as pessoas que nos cercam o que as vezes nos traz ansiedade. Se descobrir a fórmula desse equilíbrio, compartilhe comigo,rs,rs,rs
bjs

Andréia M. G. disse...

Olá, garotas!

Vamos todas atrás da fórmula mágica do equilíbrio!

Mila,

Me acabei de rir qdo vi que vc me chamou de srta. Bratz. Não me lembrava mais disso. kkkkkkk Também gostei de "vê-la".

Bjos!

Patricia disse...

não há fórmula pra nada disso!
embora muitos que se dizem estudiosos insistam em afirmar que tudo na vida é química, portanto é fórmula, eu particularmente acho tudo isso baboseira!
viver é a arte de estar sempre vivendo e pronto!
erre e acerte muito, depois escolha o que você considera relevante e o que achou que não teve valor.
o que foi SUPOSTAMENTE importante deixe guardado ou se quiser esquecer esqueça! é! reviva o que não foi e reinvente-se!
seja excessivamente feliz não se preocupando tanto com dosagens!
a vida não é alopatia, meu bem! ela é remédio dela mesma!

Andréia M. G. disse...

Uhu! Jogou duro! rs

Patricia disse...

kkkkk...
vivendo e aprendendo a jogar...