domingo, 3 de maio de 2009

O retorno de Saturno

28 anos, quase 29, batendo à porta dos 30. Descobri recentemente em conversa com uma colega de trabalho que para os astrólogos, nesse período da vida, vivemos o retorno de Saturno. Encontrei um texto interessante sobre o assunto. Colei abaixo para quem se interessar:

Entre os 28 e 30 anos de idade, ocorre o primeiro retorno de Saturno, ou seja, o planeta em trânsito se posicionará no mesmo local em que ele estava no momento de nascimento da pessoa e iniciará uma nova volta em torno do zodíaco.

Novamente, como em todo trânsito de Saturno, ocorre um doloroso rito de passagem, envolvendo responsabilidades, desta vez maiores do que nunca. A partir deste período, muitas coisas que antes eram parte de uma gama de opções se tornam definitivas. É o momento de determinar o que vai dar impulso aos próximos 28 anos e tudo o que é decidido tem sua repercussão e conseqüência.

Este período representa também o fechamento sobre todo o passado de dependência familiar, uma liberação final de tudo que ligava às servidões da infância e da adolescência, uma aquisição definitiva de autonomia. É o ponto final do caminho de relaxamento de responsabilidades dos pais sobre os filhos.

Aos 28 anos, as pessoas começam a se preparar para inverter os papéis. Nesta época, surge a necessidade crescente de se fundar um lar, ter filhos, educá-los e progredir profissionalmente. É a chegada definitiva da certeza da sua responsabilidade em relação aos outros, em que se procura gerar confiança em que os cerca e se começa a pensar seriamente no futuro. É o primeiro contato com a sensação de que o tempo passa e que a velhice não tarda a chegar, por isso a intensificação das cobranças internas. Não é mais tempo para ilusões e sim para definições.

Nesta época, as pessoas começam a adquirir um senso de responsabilidade não apenas para si próprias, mas também para aqueles que a cercam. Começa-se a perceber que as suas decisões terão influência na vida daqueles que amam. Agora, e cada vez mais, são os pais que passam a ser seus dependentes, o que aguça o sentido de cumprir sem falhas a sua missão, que é uma tarefa solitária e de extrema importância para toda a família. Mas, ao mesmo tempo, Saturno que é sempre associado a processos de diferenciação, individualização e separatividade, leva os indivíduos a procurarem dar a seus filhos uma educação diferente da que receberam. Paradoxalmente, com a nova aproximação dos pais, as pessoas se deparam tomando decisões surpreendentemente parecidas às deles.

As pessoas que ainda não se definiram na vida passam a se sentir muito angustiadas, porque o fantasma do fracasso começa a ameaçar. Freqüentemente, aos 28 anos as pessoas retomam os estudos, procuram caminhos profissionais definitivos e não mais bicos e trabalhos esporádicos. A crise provocada por Saturno sempre é complicada, já que mexe com assuntos como o tempo e a idade, fracasso, frustração ou sucesso. Todos estes aspectos são muito angustiantes porque abalam a auto estima de cada um.

O ciclo dos 28 anos de Saturno é completado quando se pode tomar nas mãos com segurança as rédeas e o controle da própria existência. Desligar-se do passado para apenas conservar dele as bases mais sólidas sobre as quais deve ser projetado e construído o futuro.

(Trecho da apostila "Ciclos Planetários", da astróloga carioca Márcia Mattos)

6 comentários:

snowbros disse...

Andréia,

Não é a primeira vez que você comenta sobre a passagem dos 30...rs. Já vi que está super preocupada com isto. Olha, como já te disse, num post anterior, tenho 43 e na verdade...todo dia ocorre estas passagens. Isto para quem vive com v maiúsculo. Entãom relaxa, porque terá crise dos 30, dos 40, dos 50 e por aí a fora...beijos e muita força.

Andréia M. G. disse...

Não se preocupe. O assunto tem sido recorrente aqui pq estou vivenciando esse "rito de passagem", mas nada muito além disso. Não estou em desespero não. kkkkkkkkkk

Priscila disse...

Estou perto do retorno a Saturno tb kkkkkk.
Enfim, angustias, medos, dúvidas fazem parte de cada fase da vida...às vezes bate aquele desespero...meus estudos, meus trabalhos, meus óvulos estão envelhecendoooo, quero ter filhossss kkkkkk dentre outras neuroses, eu então, sou neurótica por natureza, nem Freud explica =)
Porém a sociedade nos cobra, mas se obedecermos sempre a ela, piramos.
Por isso gosto muito daquele conhecido texto FILTRO SOLAR,e deixo aqui alguns trechos...

"...Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos quarenta, talvez dance ciranda em suas bodas de diamante.
Faça o que fizer, não se auto-congratule demais, nem seja severo demais com você.
As suas escolhas tem sempre metade das chances de dar certo.
É assim pra todo mundo..."

"...Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida.
As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam,
aos vinte e dois, o que queriam fazer da vida.
Alguns dos quarentões mais interessantes que conheço ainda não sabem..."

Andréia M. G. disse...

"meus óvulos estão envelhecendo" foi ótimo. kkkkkkkk Relax! Tb gosto do texto Filtro Solar. Vamos praticar a arte das vibrações positivas! Bj

Sem Jeito disse...

adorei este texto, e foi exactamente isto que senti. devia ter lido isto mais cedo, porque estes 2 últimos anos foram bastante difíceis a todos os níveis, parecia que nada corria bem, nada encaixava, que nada do que eu tinha desejado estava a acontecer! mas acabou por ficar tudo bem, por tudo ficar no sítio e estou muito feliz agora!
Os 30 é que é!!! eheheheh
bjs

Andréia M. G. disse...

Viva a felicidade!