sexta-feira, 3 de julho de 2009

Inquietude na alma

Vontade de mudar. Ando descombinada das coisas deste mundo. Tenho pensamentos efervescentes durante a madrugada. Falta coragem para dar um passo diferente, à frente. Vivo em um grande labirinto e o caminho que sigo às vezes parece não ser o que me levará à melhor saída. Ainda não entendo bem o que se passa, mas sinto uma grande inquietude na alma. Receio a todo momento tomar a direção errada. Mas será que existe a certa? Talvez seja tudo uma questão de ponto de vista. Tenho mania de ponderar as coisas, mas a vontade que grita é de não ponderar mais nada.

(Imagem: Google)

4 comentários:

Anônimo disse...

e por que você não faz isso?
qulquer hora dessas você faz 30 anos e percebe que ponderou demais!

Bárbara Jolie disse...

Eu prefiro a rebeldia do poeta:

Não sei para onde vou
Sei que não vou por aí!
"Cântigo Negro" de José Régio

Boa sorte na escolha do caminho!

Andréia M. G. disse...

Bárbara, seja muito bem-vinda ao meu jardim de ideias e afins.

Anônimo, se eu soubesse a resposta p/ sua pergunta, certamente não teria escrito esse texto. A respeito do comentário sobre minha idade, não tenho nenhum problema em fazer 30. Já me conscientizei de que é apenas uma passagem de década. Que venha os 30, com carinha de 20, isso que é o melhor!

Lucas Lima disse...

e quem não vive nesse labirinto, rs
Bonita imagem e reflexão, rs
Bons dias