terça-feira, 20 de outubro de 2009

Ninhos

De repente, começou a vislumbrar a possibilidade de sair do ninho. Desconhece as artimanhas do destino. Tem medo. Não é fácil abandonar a zona de conforto. Sentimentos múltiplos. Mas deseja seguir. Há muito sabe que é preciso não só sair da casca, mas também sair do ninho. Fora, tudo é incerto, mas atraente. É preciso seguir, ouve no canto de um pássaro. Porque a vida é efêmera e o ninho deve ficar vazio para que sejam construídos outros ninhos.

(Imagem: Google)

5 comentários:

S* disse...

Sair da protecçao é tão dificil... o mundo pode ser assustador. :)

Ser em construção disse...

Estava caminhando pelo mundo dos blogs, e me deparei com seu jardim.
Parabéns seu espaço é muito aconchegante.
beijo

Edu O. disse...

é que as vezes o ninho torna-se prisão

Erica Maria disse...

Lindo texto querida :)

Gosto mto do que escreves tb :)

Bjos em seu coração♥

Andréia M. G. disse...

S* - Proteção demais acaba saturando.

Ser em construção - Prazer e volte sempre para colorir mais este jardim!

Edu - Vc disse tudo!

Érica - Beijo grande!