quinta-feira, 10 de março de 2011

"Amores" brutos

O dia internacional da mulher encontrou em 2011 um forte concorrente: o carnaval. Em plena terça-feira de folia momesca, as mulheres ficaram em segundo plano. Que dia da mulher que nada! Quero sair na avenida e gritar: "Eu te amo, porra!" Assim é o refrão de uma música bastante cantada este ano. Bem distante de canções mais doces e românticas, como "a onda te trouxe, sereia do mar, princesa do céu, quero namorar", entoada em "Menina me dá seu amor", por exemplo. Muitas canções têm sido feitas na base da depreciação absoluta da mulher, ao estilo: "toma, negona, toma chupeta" ou "rala a tcheca no chão". Manifestações populares. Ok, mas muito grotescas. As músicas são quase um sexo explícito e animalesco. São "amores" brutos: "Eu te amo, porra!", gritado várias vezes com força. Toma, negona, rala a tcheca no chão, só as cachorras e as piriguetes. Ouvi uma dessas impressionantes canções que dizia que o cara estava cansado de beijo na boca e só queria fuca na catchuka e na rádio me "emocionei" com "tu desce e aquece o cu, sobe e aquece a xota, agora a mulherada vem com o peito na piroca". E quando eu penso que já ouvi tudo, eis que me deparo com uma "canção de amor", que traz em seu refrão: "pega no meu pau e chupa o meu saco, comer o seu buraco, você vai ter que dar". Uau...

É, mulheres, sexo é bom, mas não é tudo e com carinho é muito melhor. Para nosso dia, deixo um registro de minha indignação pelo que tem sido entoado sobre nós ou para nós em certas "canções".  Beijos, abraços, carinhos, afagos, conquista, declarações de amor, e por que não poesias é que precisamos. Nesses tempos de carnaval, reparei que o Chiclete com Banana tem uma boa relação de carinho conosco em suas canções, mesmo quando faz alusão ao sexo: "Eu quero é te amar, me entregar ao prazer, amanhecer em seus braços até o dia amanhecer." Com dois dias de atraso, mas ainda em tempo: Feliz dia internacional da mulher! E que os homens tragam para nós, assim como diz a canção, o brilho das estrelas, nos entreguem o mundo inteiro e nos chamem de meu bem. :-)

3 comentários:

Edu disse...

Mais delicadeza como vcs merecem! bjs

Clarinhaaa disse...

Oiiiiiiiiiiiii..

saudades de vc! Saudades daqui!!

Agora estou de volta... ehehehe
Dia das Mulheres?? quando????

Menina, recebi um parabéns só do taxista!!!

Acredita???

beijos
aparece lá em "casa"

Andréia M. G. disse...

Edu e Clarinha,

Bom recebê-los aqui. Tenho andado pouco pela blogosfera, mas farei uma visita a sua casa, Clarinha. rs